quarta-feira, fevereiro 14, 2018

segunda-feira, fevereiro 12, 2018

Taça Hugo dos Santos

Neste fim-de-semana a nossa equipa de Basquetebol foi até Sines disputar a Taça da Liga da modalidade, a IX edição da Taça Hugo dos Santos.
Ontem venceram o Vitória de Guimarães por 81-75 e garantiram a final que foi disputada esta tarde. O outro finalista foi a Oliveirense que ontem tinha eliminado o Porto. Nesta final o Benfica foi superior e venceu a Oliveirense por 99-85. Com esta vitória o Benfica conquistou de forma brilhante a 6ª Taça Hugo dos Santos do seu palmarés. Continuam imparáveis, é o segundo troféu da época. 

Parabéns Campeões!

domingo, fevereiro 11, 2018

Noite memorável

Esta noite foi literalmente ter "um olho no burro e outro no cigano". Jogo da final europeia de Futsal a coincidir com o jogo do Glorioso não devia ser permitido. Queria muito ver os dois jogos. Mas por muito que quisesse acompanhar a final não conseguia abdicar do meu Benfica. Por isso tiveram que estar os dois jogos ligados.

"Os meus preferidos"
O Benfica começou muito bem como Portugal também tinha começado. Marcamos cedo e começaram ambos a ganhar. Mas tudo se complicou. O Benfica sofreu o golo do empate e Portugal esteve mesmo a perder. Mas Portugal empatou a partida e levou a final para prolongamento. Assim os dois jogos continuavam a coincidir e os nervos continuavam a aumentar. No jogo de Futsal a lesão de Ricardinho, apesar de muito má para todos, parecia ser um bom presságio. E perto do fim surgiu mesmo a boa nova. Bruno Coelho marcou de livre directo o golo da vitória que dava o título de Campeão Europeu pela primeira vez na história da modalidade a Portugal.

Felicidade no Futsal mas o jogo em Portimão continuava empatado e o sofrimento não parava de aumentar. O Benfica tinha feito uma grande primeira parte e merecia ter ido para intervalo a vencer por mais. Na segunda parte já não parecia a mesma equipa e também o Portimonense entrou melhor. Ao Benfica começavam a correr mal as coisas com a lesão de Jonas que acabou mesmo por sair, entrando Raúl Jiménez para o seu lugar. No minuto seguinte o Portimonense empatou a partida. Balde de água fria para os benfiquistas. Mas depois disso a equipa Tetracampeã mostrou que estava ali para vencer e deu tudo. E quem decidiu o jogo foi aquele pequenino cheio de garra que mostrou que "não é por grandes orelhas que o burro vai à feira", Cervi fez um grande golo de livre, ele que já tinha marcado o primeiro voltou a colocar o Benfica em vantagem. A partir daí o tempo parecia parado. O Benfica segurou o jogo com a ajuda de Samaris que entrou para o lugar de Rafa e Diogo Gonçalves que rendeu Pizzi. Após os 4 minutos de compensação dados por Carlos Xistra o jogo continuava. Se esperava o empate enganou-se, o Benfica aumentou a vantagem aos 95' e matou o jogo com o 3-1 de Zivkovic.


Foi sem dúvida alguma uma noite memorável. O Benfica passou para primeiro lugar, à condição (hoje já estou em modo "Allez, Allez, Chaves Allez"), a mostrar que está mais vivo do que nunca na luta pelo Penta. E Portugal sagrou-se Campeão Europeu de Futsal pela primeira vez. A Nação Valente está imparável. Estes meninos foram enormes e venceram com  muito mérito!


Parabéns Portugal! O nosso orgulho!

domingo, fevereiro 04, 2018

Reviravolta à Benfica

Começou muito mal, acabou muito bem. Esta tarde o Benfica goleou o Rio Ave em casa por 5-1. Este Rio Ave que nos retirou dois pontos na primeira-mão e nos eliminou da taça de Portugal merecia um lição na Luz. Não suportava a ideia de perder pontos novamente com esta equipa e contra o Cássio que se inspira sempre contra nós. O Benfica entrou com vontade de resolver o jogo cedo mas saiu tudo ao contrário. Foram eles a marcar primeiro. E em toda a primeira parte o Benfica não foi capaz de empatar a partida, mas não apenas por culpa própria. A equipa contrária teve mérito mas a equipa de arbitragem também ajudou, ficou por assinalar um penalti sobre Jonas. Podíamos e devíamos ter ido para o intervalo pelo menos a empatar. Para além de estar a perder ainda houve a lesão de Salvio que obrigou a uma substituição forçada. Nada corria bem.

O melhor ficou guardado para a segunda metade do jogo. Jardel, a jogar o seu jogo 200 de águia ao peito, fez o empate. Golo mais do que merecido e que impulsionou a equipa para a vitória. Pizzi fez o segundo colocando o Benfica na frente do marcador. Jonas, Rúben Dias e Raúl Jiménez aumentaram a vantagem até ao 5º golo. 

Foram 5! 5 é o que todos queremos. Jogo a jogo, com esta raça e união, rumo ao Penta!